Brasil e Argentina: desenho institucional e política externa em perspectiva comparada

Coordenadora: Profa. Janina Onuki

FAPESP

Em vigência

RESUMO


O objetivo principal desta pesquisa é analisar, em perspectiva comparada, as trajetórias da política comercial argentina e brasileira ao longo de 15 anos, de 1990 a 2005. A preocupação principal da pesquisa é buscar entender o que explicaria o fato de dois países (Brasil e Argentina) que, apesar de terem partido de modelos econômicos similares (modelo de substituição de importações) e de terem se defrontado com mudanças semelhantes na estrutura econômica mundial, passaram a ter trajetórias tão distintas em termos de política comercial. De um lado, no caso brasileiro, trajetória marcada por estabilidade de rotas em política comercial com alterações ao longo do tempo apenas pontuais (de ajuste); de outro, no caso argentino, trajetória marcada por oscilações mais drásticas ao longo do período em termos de padrões de política comercial.

Após quase duas décadas de abertura comercial, faz sentido investir esforços em estudos mais sistemáticos para compreender como evoluiu a política externa, na área comercial, desses países no período pós-abertura, considerando também a evolução da experiência de integração regional do Mercosul em que Brasil e Argentina estão envolvidos. A partir de um conjunto de temas relacionados à política comercial, a proposta é analisar a mudança ou continuidade da política de comércio exterior, em perspectiva comparada, sob o impacto da variação de mandatos de governo, e da troca da burocracia estatal.

Receba nosso boletim

icon-facebook  icon-twitter  icon-rss  icon-wordpress  icon-email