Bases da construção de coalizões e as negociações multilaterais: Brasil, Índia e África do Sul

Financiamento: FUNDAÇÃO FORD/IUPERJ

Equipe de pesquisa: Amâncio Jorge Nunes de Oliveira (coordenador, DCP/USP), Janina Onuki (PUC/SP), Rafael Villa (DCP/USP), João Paulo Cândia Veiga (PUC/SP), Emmanuel de Oliveira (doutorando DCP/USP) e Manoel Galdino Pereira Neto (mestrando DCP/USP).
Consultores externos: Gupta Surupa (Irvine University) e Jean Daudelin (Carleton University)
Pesquisadores juniores: Ariane Roder, Arthur Serra Massuda, Bernardo Wahl Gonçalves de Araújo Jorge, Bruno Varella Miranda, Bruno Botti, Bruno Moraes, Catharina Nakashima, Daniela Duarte, Manuela Trindade Viana.

I. Objetivo: Esta pesquisa tem como objetivo contribuir para a compreensão das bases da formação de coalizões ou alianças internacionais de tipo Sul-Sul no novo contexto da agenda multilateral. A análise comparada da política externa de três reconhecidas lideranças do hemisfério sul, em suas dimensões doméstica e internacional, subsidiarão a compreensão mais sistemática sobre as razões pelas quais se formam essas coalizões.

II. Proposta: A proposta reside em, tomando por base a análise comparada dos interesses e posicionamentos internacionais desses três países em um conjunto abrangente de temas, contribuir para o entendimento sobre as bases da formação de alianças Sul-Sul orientadas para o jogo multilateral. A análise comparada dessas variáveis permitirá discriminar vetores de convergência e divergência entre os países que podem indicar, para análise futura, a estabilidade e eficácia dessas coalizões.

III. Apoio: O projeto conta com o apoio financeiro da Fundação Ford, derivado de concorrência de âmbito nacional de dotações para pesquisa “Países intermediários, segurança internacional e negociações comerciais” (Fundação Ford/IUPERJ), em janeiro de 2005.

Receba nosso boletim

icon-facebook  icon-twitter  icon-rss  icon-wordpress  icon-email