O estado de São Paulo, negociações internacionais e instrumentos de política comercial: riscos e opo

Coordenação: Amâncio Jorge de Oliveira

Equipe: Janina Onuki, Wagner Pralon Mancuso

Financiamento: FAPESP

Este projeto tem como objetivo mais amplo apresentar um conjunto de estudos e instrumentos de análise que forneçam subsídios, diretos ou indiretos, ao Governo do Estado de São Paulo no processo de formulação de estratégias de políticas públicas voltadas ao comércio internacional. Em inúmeros países tais como os Estados Unidos, Canadá, México, Índia, dentre outros, as unidades sub-federativas, sobretudo aquelas com maior peso econômico específico no interior da federação, são dotadas de políticas comerciais estratégicas que minimizam riscos e ampliam oportunidades num quadro crescente de internacionalização econômica.

O primeiro eixo será formado pela análise sobre a relação direta do Estado de São Paulo e o plano internacional. Neste eixo, ênfase especial será dada ao tema dos acordos comerciais, no que tange ao papel do Estado sub-nacional tanto nos processos de negociações quanto à prospecção de impactos positivos (oportunidades) e negativos (riscos) oriundos da implementação de tais acordos.

O segundo eixo trata, mais especificamente, da análise sobre espaços de manobras de formulação de políticas comerciais dentro dos limites possíveis do pacto federativo vigente.

Receba nosso boletim

icon-facebook  icon-twitter  icon-rss  icon-wordpress  icon-email