Análise Internacional, n. 2, Ano I

61

Esta segunda edição de Análise Internacional tem como destaque o artigo “IBSA – perspectivas da cooperação sul-sul”. Trata-se de uma apresentação da temática que envolve a pesquisa conduzida pelo CAENI, sobre as bases estruturais da coalizão IBSA – Índia, Brasil e África do Sul. No plano das negociações comerciais, Índia e Brasil competem no campo de investimentos e acesso a mercados, e no plano da segurança internacional, as posturas também são divergentes. Resta saber qual a rationale da coalizão no contexto de complexas negociações multilaterais. Este artigo mostra quais são os principais pontos de divergência, e algumas possibilidades de convergência.

O segundo artigo, de Jean Daudelin – professor da Carleton University (Ottawa, Canadá) – que é colaborador do CAENI, analisa as condições da proposta de privatização do setor de  gás na Bolívia, e as vantagens para o País e para o Brasil que é o principal consumidor de gás boliviano. Além de benefícios do ponto de vista econômico-comercial, o apoio do Brasil poderia dar uma sinalização política positiva à integração sul-americana. A seção “análise de notícias” faz uma análise da atuação da diplomacia brasileira no âmbito das Nações Unidas. Nos últimos meses, o Brasil, em associação a Índia, Alemanha e Japão, formando o G-4, mobilizou capital diplomático numa iniciativa frustrada de busca de apoio pela reforma. Também neste contexto, parece que a cooperação não foi o que prevaleceu.

Nos próximos números de ANÁLISE INTERNACIONAL serão publicados artigos derivados da base de dados da pesquisa IBSA, além de resultados de outras pesquisas do CAENI que estão sendo concluídas.

2005-08 (ago) Análise_Internacional_n.2_Ano I